escondida

21/10/2013

Uma mulher que acaba de dar à luz o filho, de um homem que acaba de morrer vingado, de morte, corre em socorro do grande sábio cego Tirésias. Ela quer saber se o filho haverá de ter a mesma sorte de seu pai, um homem que morre ainda jovem. O sábio então lhe diz, “Contanto que ele jamais coincida consigo mesmo“. A cara que ele faz dá medo, aquilo parece mesmo vir do além.

Anúncios